Sede Almeida França

Projeto concluído em 2018, o retrofit da sede da Almeida França renovou as instalações e arquitetura do empreendimento, valorizando assim as potencialidades do espaço. Para isso, fez-se a alteração de elementos através de remodelações de alguns compartimentos, seguindo o conceito de “movimento constante” também em sua arquitetura interna.

Dentro do escopo do projeto de retrofit da sede da Almeida França estavam execução de pinturas, esquadrias, iluminação, revitalização de pisos, mudança de layout (demolição e construção de novas paredes), mobiliário, forros e instalações de ar condicionado.

O novo sistema de ar condicionado do escritório principal é composto por um sistema VRF (Variable Refrigerant Fluid), sistema tecnológico de variação de frequência no compressor e ventilador, com as seguintes características:

  • Capacidade total 40kw (136500 Btu/h);
  • Evaporadoras do tipo dutado e hi-wall;
  • Gás refrigerante ecológico R-410A;

Como uma solução sustentável para o meio-ambiente, o sistema de gás dos equipamentos de ar condicionado já existentes também passaram por um retrofit. Todo o gás refrigerante R-22 foi recolhido e descartado de forma correta e substituído pelo o gás refrigerante MO29 (R422-D).

Os resíduos gerados na obra também foram gerenciados constantemente durante o projeto. Medidas de monitoramento de lixo produzido, descarte e destinação foram aliados ao processo de certificação LEED EB:OM pelo qual a sede estava passando. O objetivo era de manter o ambiente o mais limpo possível, tentando descaracterizar um pouco do ambiente de obra.

Para obter a certificação LEED, a empresa também adota diariamente as seguintes medidas:

  • Facilidades para o uso de transporte alternativo, incluindo vagas preferenciais para carros eficientes, bicicletários e vestiários;
  • Melhores práticas de gestão e manutenção das áreas externas do empreendimento com estratégias para áreas impermeáveis e permeáveis;
  • Paisagismo sustentável e gerenciamento águas pluviais;
  • Redução do efeito ilha de calor;
  • Preservação de habitats locais e diminuição da poluição luminosa;
  • Redução do consumo da água no interior e no exterior do edifício;
  • Melhores práticas de gestão da eficiência energética com redução de consumo;
  • Uso de gases refrigerantes menos nocivos ao meio ambiente;
  • Adoção de práticas de comissionamento para controle energético;
  • Uso de energias renováveis e compensação de carbono;
  • Política de compras sustentáveis;
  • Política de gerenciamento de resíduos sólidos;
  • Política de limpeza verde;
  • Desempenho da qualidade do ar interno e conforto térmico;
  • Iluminação interna adequada, luz natural e vistas para o exterior.

Um dos desafios encontrados no projeto foi a execução da obra durante a total ocupação do imóvel por funcionários e diretoria. Layouts provisórios foram montados, a exemplo da sala dos diretores e sala operacional, de modo que todos trabalhassem provisoriamente juntos. Isso demandou ajustes de instalações e infraestrutura existente para acomodar os postos de trabalho remanejados e conferir pleno funcionamento e manter a capacidade laboral dos funcionários.

O resultado do projeto foi mais conforto, praticidade, alegria e satisfação aos colaboradores da Almeida França. A essência do projeto e execução transformaram o ambiente num espaço aconchegante, moderno e que expressa claramente os valores e objetivos da empresa.

pt_BRPortuguese
en_USEnglish pt_BRPortuguese