SCIA Quadra 14 Conjunto 4, Lote 2, Brasília, DF (61) 3363-9112
Home Separador Institucional Separador Sobre a Empresa

Premiações

Centro de Operações Espaciais Principal – COPE-P 

DCD Awards Latin America – 2018

Construído para servir como centro de controle para o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) e com a disponibilidade de atender diversos satélites geoestacionários e de baixa órbita, o Centro de Operações Espaciais Principal (COPE-P) servirá como referência nacional e internacional. O principal objetivo desse projeto é fornecer internet em banda Ka no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) para todo o Brasil, incluindo os locais mais remotos; além disso, conta com parte de seu uso em banda X para atendimento a projetos militares estratégicos de defesa nacional. Este projeto cobrirá até 10,6 milhões de quilômetros quadrados (área maior que todo o território brasileiro). Os principais setores que serão beneficiados com o projeto são: Forças Militares de Defesa; Segurança Nacional e os Programas do Governo Federal PNBL, e Internet para todos atendendo a projetos de Educação e Serviços de Cidadania.

A Almeida França Engenharia é integrante do consórcio SAT3D, consórcio responsável pela construção do centro de operações. O COPE-P será o segundo data center com certificação TIER IV no Brasil e primeiro com essa certificação no setor público. A certificação TIER IV é a mais alta em relação à confiabilidade na operação de serviços de um data center e atesta uma estrutura com manutenção continuada da operação, 24/7/365, com alta tolerância a falhas e capacidade de ultrapassar os piores incidentes técnicos. A certificação TIER IV atesta o funcionamento do data center em 99,9997% do tempo, fundamental para a operação do sistema satelital estratégico de banda larga e defesa brasileiro.

Em agosto de 2016 o projeto do data center COPE-P recebeu a certificação TIER IV Certification of Design Documents (TCDD), fornecida pela UPTIME INSTITUTE. A obra será entregue pelo consórcio SAT3D com a certificação TIER IV Certification of Constructed Facility (TCCF).

O COPE-P teve seu projeto desenvolvido utilizando a tecnologia BIM, ferramenta cada vez mais relevante em obras públicas por fornecer maior transparência nos custos, no controle das implantações, na gestão e no monitoramento da obra. Com isso, todas as alterações e medições do projeto são feitas utilizando essa ferramenta, representando o andamento financeiro da obra compatível com o físico. Ao final, a obra será entregue em BIM 6D, com informações referentes à controle físico-financeiro da obra, orçamento, as-built e informações sobre ciclo de vida, manutenção e garantias de todos os equipamentos do data center.

Em novembro de 2018, a TELEBRAS recebeu a prêmio de “Melhor Prestação de Serviço Digital no Setor Público”, do DCD Awards Latin America pelo projeto do COPE-P. Esse prêmio é conhecido como o “Oscar” do setor, sendo realizado anualmente pela Datacenter Dynamics.

Nova sede em Brasília do Laboratório Sabin 

Prêmio Destaques SMACNA Brasil – 2016

O Grupo Sabin, um dos maiores “players” do setor de saúde no Brasil, segue ritmo forte de expansão e inaugurou, no final de 2016, a nova sede. O empreendimento com cerca de 14.000 m² de área construída, sendo um subsolo de garagem, utilidades e almoxarifado, pavimento térreo com laboratórios e o NTO (Núcleo Técnico Operacional), mais três pavimentos com áreas administrativas e cobertura, foi construído seguindo os conceitos de edificações sustentáveis, candidatando-se ao selo Gold da certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) pelo USGBC (United States Green Building Concil).

O NTO da nova sede do laboratório tem capacidade produtiva instalada para cinco milhões de exames por mês.

As instalações do sistema de ar condicionado e ventilação mecânica ficaram sob a responsabilidade da Almeida França Engenharia, que forneceu e instalou duas unidades resfriadoras de água com condensação a ar, completando as soluções de alta eficiência da central de água gelada do edifício, as bombas de água gelada da rede primária e secundária são do tipo “in line”, fabricação Grundfos.

Todo o sistema de ar condicionado e ventilação mecânica do edifício é monitorado e controlado por sistema de automação predial e integrado a sistema supervisório superior. Total de pontos supervisionados: 410 pontos.

O reconhecimento do excelente trabalho realizado pela Almeida França Engenharia veio através da premiação  SMACNA Destaques do Ano 2016, onde a empresa foi ganhadora do premio pelo segundo ano consecutivo.

Empreendimento PO700 da Paulo Octávio Investimentos 

Prêmio Destaques SMACNA Brasil – 2015

O Empreendimento PO700 foi concebido com os sistemas de refrigeração Trane Stealth, que são sistemas industriais de refrigeração combinada que diminuem os custos de eletricidade e os custos operacionais em geral, ajudando muitos empreendimentos que buscam pontuação para obtenção da certificação LEED (“Leadership in Energy and Environmental Design”), como também outras bonificações e incentivos relacionados a redução de custos energéticos e questões ambientais.

A Almeida França Engenharia forneceu e instalou os equipamentos Trane Stealth do empreendimento, que tem como principais características:

-elevada eficiência energética, tanto em cargas totais quanto em cargas parciais;

– operação com baixo nível de ruído.

Foi buscando essa elevada eficiência que a Almeida França Engenharia ganhou o a premiação  Destaques do Ano 2015 – SMACNA, que tem como objetivo promover em âmbito nacional o reconhecimento solene dos melhores trabalhos de engenharia termo ambiental do ano.

Edifício Sede do DNIT – Brasília
Prêmio CBIC de inovação tecnológica – Sistema de esgoto a vácuo e mictórios a seco – 2011

A Almeida França Engenharia foi premiada pelo seu compromisso com a sustentabilidade e por aliar tecnologia de ponta e preservação de recursos naturais (neste caso, a água), recebendo o 2º lugar do Prêmio CBIC de Inovação Tecnológica – 18º Concurso Falcão Bauer.

O Concurso Falcão Bauer da Câmara Brasileira da Industria da Construção tem como objetivo, entre outros, premiar trabalhos com comprovada eficiência em modernização do processo construtivo, aumento de produtividade, redução de custos, sustentabilidade e racionalização dos recursos naturais.

A obra que valeu o prêmio – reforma dos sanitários coletivos e privativos, incluindo a instalação de sistema sanitário de esgotamento a vácuo do Edifício Sede do DNIT, em Brasília – DF – trouxe ao cliente, o Governo Federal, uma redução expressiva do consumo de água e do volume de esgoto primário gerado, favorecendo a diminuição de gastos e da degradação do meio ambiente.

Somente com a redução do consumo de água tratada, de 6.300 m³ – média mensal de consumo anterior ao novo sistema, para 2.000 m³ – pós instalação, com a obra 100% concluída, o DNIT passou a economizar mais de R$ 600 mil / ano (base 2012) de verba de custeio.

Edifício Business Point
Prêmio Procel – Energia – 1998

O Business Point, localizado em área nobre de Brasília, próximo à Catedral, foi uma parceria entre a Almeida França e a Construtora Líder, aliando uma idealização arrojada à tecnologia de ponta.

O projeto, realizado ainda no final da década de 1990, foi concebido para aprimorar o consumo de energia elétrica, através de recursos como:

– arquitetura ajustada à orientação espacial;

– uso de mármore refletivo e vidros especiais na fachada para adequar a incidência de luz natural ao ganho térmico solar;

– adoção de sistema de condicionamento de ar por água gelada, com controle central;

– aplicação de luminárias especiais, e

– integração da automação predial: condicionamento de ar, segurança e controle de acesso.

O Business Point ecebeu o Prêmio Procel de 1998, na categoria Edificações, concedido pelo Ministério de Minas e Energia.

A maior importância desse prêmio é que ele representa, de fato, uma economia real de custos operacionais de empresas ou escritórios ali instalados, além de ter importante e pioneira iniciativa para a preservação do meio ambiente e recursos naturais. O consumo de ar condicionado no Business Point é de 50% de uma edificação similar convencional da época, e ainda hoje é uma referência para análises comparativas.