SCIA Quadra 14 Conjunto 4, Lote 2, Brasília, DF (61) 3363-9112
Home Separador Blog Separador Como manter colaboradores motivados

Blog

Blog
almeidafranca_7d6c170c0c

Como manter colaboradores motivados

Por: Almeida França

23 de setembro de 2015

O ambiente de trabalho é um dos locais onde as ações de Gestão de Pessoas (GP) e Recursos Humanos (RH) nunca podem cair na monotonia da rotina. A mão de obra da empresa — o colaborador — deve estar constantemente motivado para produzir melhor. “Não é costume da geração Y (e muito menos da Z) ficar em um emprego segurado por salário, por exemplo, mas sim pela satisfação, pela felicidade e interação que o ambiente de trabalho proporciona”, diz Kássio Borba, Coordenador Executivo no Sindicato Nacional dos Peritos Federais Agrários (SindPFA).

Um bom líder deve ter as seguintes características: Trabalho em equipe, empatia e respeito, além de derrubar barreiras e interagir. Para que haja a boa circulação de membros na sua empresa, quem dirige uma equipe deve ser modelo de inspiração e apoio. Permitir que o erro aconteça é entregar a chance de melhoria nas mãos da pessoa. Ensinar e inspirar é o papel do representante, e ele deve saber das limitações dos seus liderados. Outro fator importante é manter o espaço em aberto para que novos membros exerçam esse papel em qualquer cargo.

As faculdades dão cada vez mais oportunidades para levar a vivência de sala de aula à empresa e assim, quando um colaborador se sente harmonizado com a equipe, os seus prazos de entrega e qualidade se aprimoram. Em Brasília, por exemplo, o mercado de trabalho vem percebendo a importância de criar um estilo inovador nos ambientes empresariais ao permitir que a criatividade seja trabalhada em todos os membros. Assim um bom líder ajuda o empreendedor a internalizar a cultura da empresa.

O foco principal ao motivar uma equipe, independentemente do seu tamanho, está em inovar e humanizar as pessoas ao máximo. A ideia de que a vida profissional e pessoal se separam foi banida do mundo empreendedor. Aldo Felicíssimo, Diretor de Gestão de Pessoas da Empresa Júnior de Engenharia, Concreta, disse que o trabalho de GP não é motivar em si, mas sim dar insumos para isso mostrando o impacto que o trabalho de cada um tem na empresa. Movimentar o lado emocional dos membros é feito primeiramente com feedbacks e homenagens.

É possível trabalhar em inúmeras áreas da motivação com benefícios diferenciados, como confraternizações para integrar a equipe. Fazer com que o funcionário se sinta privilegiado com uma simples conversa, comemorar aniversários e celebrar as conquistas, como contas fechadas e parceiros que foram firmados também podem ser ótimos impulsos. Surpreender é o importante, seja com grandes ou pequenos atos: assim você ganha funcionários leais.

Segundo uma pesquisa feita pela revista Exame, o propósito é o fator principal na motivação, além da cultura que toda empresa deve ter de passar e receber feedbacks para os colaboradores. Assim se estreita a relação e se cria uma vontade maior de corrigir erros e aumentar acertos. A simpatia atrai as pessoas, e com isso elas se motivam. Demonstre que tudo pode dar certo com clareza nas palavras. Outra parte do incentivo é sempre elogiar e, se necessário, mostre que de outra forma pode ser melhor executado.

Um dos focos empresariais está em diminuir a rotatividade dos seus funcionários e aumentar a inspiração, que é uma das peças fundamentais para sanar inúmeros problemas. Uma pesquisa revelou que as pessoas que trabalham para líderes inspiradores são mais comprometidas. Os líderes devem inspirar aqueles ao seu redor e prestar muita atenção à mensagem enviada. “Vemos, por exemplo, muitas empresas que bloqueiam acessos a redes sociais nos seus computadores. Isso é um tiro no pé. O que faz a motivação aumentar é fazer com que os colaboradores se envolvam na causa.”, continuou explicando o Coordenador Executivo no SindPFA, Kássio Borba.

Independente da sua posição na empresa, é preciso manter o “nós” sempre em mente. O pensamento coletivo em forma de ajuda e desenvolvimento torna o colaborador suscetível a corrigir qualquer problema com o seu desempenho. Apoiar é sinônimo de motivar. Falhar é normal, e é de extrema importância que nessas horas o líder apóie o esforço e agradeça. Realize reuniões frequentes, e nelas não simplesmente designe trabalhos, colha sugestões. Incentive novas ideias.

Por Karolyne Antunes